Seu Portal de Notícias de Rondônia

Sabado, 13 de Abril de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Brasil

Apenas a ponta do iceberg? Quase 1.900 casos de estupro contra crianças na Amazônia em apenas um ano é de apavorar!

A violência física contra elas, nos Estados da nossa região, cresceu 37 por cento desde 2019, incluindo-se aí números assustadores de homicídios.

Chicâo Pvh Francisco Murcia
Por Chicâo Pvh Francisco Murcia
Apenas a ponta do iceberg? Quase 1.900 casos de estupro contra crianças na Amazônia em apenas um ano é de apavorar!
REDAÇAO
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Apenas a ponta do iceberg? Quase 1.900 casos de estupro contra crianças na Amazônia em apenas um ano é de apavorar! - News Rondônia

O tema assusta e a tragédia se amplia, cada vez que surge um novo estudo sobre ele. Agora, um instituto de análise da Amazônia descobriu outro dado arrasador sobre a violência contra as mulheres, em nossa região. De cada dez vítimas, sete delas têm 14 anos ou menos. Ou seja, é nessa faixa etária, envolvendo crianças que recém estão entrando na adolescência, em que se registram mais casos de assassinatos e de violência sexual, comparando-se com outras regiões do país.

Envolvem também essa truculência os conflitos agrários, os casos ocorridos em áreas indígenas e, ainda, quando elas são vítimas de facções criminosas, que dominam diferentes áreas dentro da Amazônia Legal, aliás, como já o fazem em outros Estados. O relatório abrange os últimos cinco anos e comprova a suspeita: pouco mais que crianças são as maiores vítimas de vários tipos de crimes que se abatem sobre as mulheres amazônidas. Para se ter ideia, os homicídios contra mulheres no Brasil caíram apenas dois por cento, enquanto no restante do país este número bateu nos 12 por cento.

Publicidade

Leia Também:

A violência física contra elas, nos Estados da nossa região, cresceu 37 por cento desde 2019, incluindo-se aí números assustadores de homicídios. O caso da Ilha de Marajó é sintomático. Apesar de inúmeras denúncias de que crianças estão sendo cooptadas para o sexo, sequestradas para exploração sexual e brutalizadas, na Assembleia Legislativa daquele Estado, com 41 deputados, apenas nove aprovaram uma CPI para investigar se tudo é real ou não.

Em muitas áreas da Amazônia, o assunto está sendo tratado como se não fossem vidas humanas, de crianças e adolescentes em jogo. Os números de vítimas femininas (mas também há casos de meninos), apontaram, em 2022, para nada menos do que 1.855 casos notificações. Sabe-se, pelo histórico deste tipo de denúncia, que isso é apenas a ponta do iceberg. Muitos ataques não são notificados, por uma série de razões, incluindo-se o temor da vítima ou alguém de sua família serem mortos, caso comentem o assunto. O estudo aponta que, do total de casos, quase 94 por cento são ataques sexuais contra meninas.

Neste pacote de tristezas e horrores que nossas crianças sofrem, há ainda um aditivo de arrepiar. A maioria dos casos de abuso infantil acontecem em residências e praticado por familiares (pais, mães, padrastos, madrastas e irmãos). O que surpreende também é a tentativa de se esconder estes crimes ou de não investigar se há realmente tráfico de crianças, sequestros para fins sexuais e outras denúncias.

Marajó é apenas um exemplo. Tentar jogar esse câncer social para baixo do tapete, certamente, jamais será remédio para a cura. Lamentável!

NOVA PESQUISA CONFIRMA FERNANDO MÁXIMO, MARIANA CARVALHO E LÉO MORAES COMO OS PREFERIDOS EM PORTO VELHO

A corrida pela Prefeitura de Porto Velho está cada vez mais acirrada. Pesquisa do Instituto Amazônia, registrada na Justiça Eleitoral, apontou o favoritismo de Fernando Máximo, com 29,2 pontos percentuais; Mariana Carvalho com 25; Léo Moraes com 20,4 por cento, entre os 1.800 Porto-Velhenses ouvidos.

Bem atrás, sem qualquer possibilidade de ir para o segundo turno, a petista Fátima Cleide, com 6,3 por cento e, depois, Vinicius Miguel, com 5,7 por cento. Se a eleição fosse hoje, Máximo e Mariana iriam para o segundo turno e, aí também, a vantagem seria do deputado-médico: pela pesquisa, ele teria 43 por cento dos votos e sua adversária ficaria nos 35. Obviamente que uma pesquisa, tanto tempo antes da eleição e com toda a água que vai rolar embaixo da ponte, é apenas um retrato em miniatura deste momento.

Mas é sempre importante destacar que outras pesquisas, essas não registradas, têm apresentado resultados semelhantes. A 14 dias da decisão definitiva dos partidos para apresentarem seus candidatos, Fernando Máximo ainda não sabe se terá o aval do seu partido, o União Brasil, que por seu comando, prefere apoiar Mariana Carvalho.

O imbróglio ainda vai mais alguns dias, até que tudo se defina. Até lá, fica a expectativa. Máximo e Mariana estão bem à frente e Léo Moraes pode aparecer como a grande surpresa, nesta reta final de decisões. Falta pouco para a escolha dos nomes. Um erro grave da pesquisa foi a não inclusão do nome do presidente da Assembleia, Marcelo Cruz, um nome importante no pacote de possíveis candidatos em outubro.

LULA VEM A RONDÔNIA PARA LANÇAMENTO DA OBRA DA PONTE BINACIONAL BRASIL/BOLÍVIA. DATA AINDA NÃO FOI CONFIRMADA

O presidente Lula pode vir a Rondônia pela primeira vez, no atual mandato. As conversas estão andando, mas ainda falta a confirmação do Planalto. Num encontro com o ministro Renan Filho, dos Transportes, nesta semana, o senador Confúcio Moura recebeu elogios pelo trabalho que vem realizando, em parceria com o governo federal, para obras em Rondônia e, durante a conversa,

Renan confirmou que a vinda do Presidente ao Estado, mais especificamente em Guajará Mirim, para o lançamento das obras da ponte binacional Brasil/Bolívia está sendo acertada. Além de Lula, é muito possível também a presença do presidente da Bolívia, Luis Arce. Durante o encontro, Renan Filho comunicou: “nos próximos dias vamos lançar, com o presidente Lula, a ponte binacional que vai ligar Rondônia à Bolívia, o que é um sonho antigo do país e que vai aumentar a integração com a América do Sul”.

Ainda não foi definida a data da vinda de Lula e sua comitiva, mas é muito provável que o lançamento oficial da obra de mais de 200 milhões de reais aconteça na segunda quinzena de abril próximo ou meados do mês de maio. Na reunião com Confúcio, Renan Filho enumerou uma série de obras que estão em andamento no Estado, como o trecho das BR em Itapuã, construção de pontes em Cacoal e melhorias na BR em diferentes cidades do Estado.

EM UM MÊS, COMEÇANDO NO FINAL DE MARÇO, PORTO VELHO GANHA VILA OLÍMPICA E ABRE PRAÇA DA ESTRADA DE FERRO

No próximo dia 30 (neste sábado que está chegando), Porto Velho vai ganhar um grande presente. Exatamente um mês depois, em 30 de abril, ganhará outro, ainda maior. O primeiro deles será a inauguração oficial da Vila Olímpica, uma área esportiva abandonada há anos e que, revitalizada e reconstruída, abrigará não só o renovado ginásio esportivo Vinicius Danin, como terá, entre grandes avanços, uma piscina olímpica como nunca se viu na Capital dos rondonienses, Ao custo total de 7 milhões e 300 mil reais, o complexo terá ainda quadras de esporte, pista de atletismo, campo de futebol, salas para artes marciais, atendimento psicológico e outras funcionalidades.

Só na Vila Olímpica, são atendidos hoje 861 alunos de projetos como “Talentos do Futuro” e “Qualidade de Vida!” Já em 30 de abril, finalmente, depois de uma serie de problemas que parecia infindável, a Prefeitura abre ao público os portões da Praça Madeira/Mamoré, senão totalmente concluída de acordo com o projeto original, porque ainda faltarão setores como o Museu da EFMM, que ainda está em andamento. Com investimentos que superaram os 30 milhões de reais, feitas pela Santo Antônio Energia, o Complexo da EFMM terá uma nova infraestrutura, incluindo restaurantes e várias melhorias. O atraso na entrega da obra deveu-se à burocracia invernal imposta por organismos tanto estaduais quanto federais (mas principalmente estes). Parece que agora, com tudo OK, nada mais impede que a Praça seja entregue aos rondonienses.

BRASÍLIA SEDIA RONDÔNIA DAY NA PRÓXIMA TERÇA, APRESENTANDO NOSSAS POTENCIALIDADES E TENTANDO ATRAIR NOVOS INVESTIMENTOS

A próxima terça-feira, dia 26, marca um dia especial, daqueles que o governador Marcos Rocha mais gosta: é dia de “vender” Rondônia! Isso mesmo. Como tem feito em todas as suas viagens pelo país e exterior, ele mostra as potencialidades da nossa terra, apresenta os avanços conseguidos nos últimos anos; tenta atrair investidores e valoriza nossa produção, o agronegócio e nosso tambaqui. No popular e com o perdão do trocadilho, vende o nosso peixe. O “Rondônia Day” será executado numa iniciativa da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (Sedec), ocorrerá em parceria com a Embaixada da Costa do Marfim – onde será realizado todo o encontro – e o Sebrae.

A intenção é reunir embaixadas, escritórios comerciais, órgãos do Governo Federal e empresas para apresentar os produtos de Rondônia, além, é claro, de convidar os participantes para a Rondônia Rural Show Internacional, que ocorre anualmente em maio. Marcos Rocha comemora e diz que “o Rondônia Day é uma oportunidade de mostrar as potencialidades do Estado para o restante do país e para o mundo”, Para o Governador o encontro será novamente muito importante, na medida em que “poderemos apresentar nossos produtos e oportunidades de investimentos.

Estamos confiantes de que essa iniciativa contribuirá para o desenvolvimento econômico da nossa Rondônia”, almejou. O vice-governador e secretário da Sedec, Sérgio Gonçalves, disse que “o Rondônia Day em Brasília é uma oportunidade única de promovermos nossos produtos e atrairmos investimentos para o Estado. Estamos trabalhando para fortalecer parcerias e abrir novos mercados”.

CUT, MST E GRUPOS LGBT DECIDEM SOBRE COMO SERÁ O ENSINO DOS NOSSOS FILHOS NA PRÓXIMA DÉCADA. VAMOS ACEITAR CALADOS?

Os destaques foram para as propostas de organizações como a Central Única dos Trabalhadores (CUT); Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST) e várias que defendem as causas LGBT e assemelhados. Foram discursos inflamados, inclusive exigindo que sejam distribuídos livros LGBT nas salas de aula. Grupos de Transsexuais também disseram que enxergam o futuro onde as crianças serão educadas dentro do que eles defendem. Foi assim o resumo do que deveria ser um evento sério, eivado de pensamentos diferenciados, que preparasse os próximos dez anos do ensino no Brasil.

Banheiros comuns, linguagem de gênero, ensino de sexo para crianças, fim de conquistas importantes, como a Reforma do Ensino Médio e a proibição das vitoriosas escolas militarizadas, tudo isso e muito mais ocorreu num evento político, dominado por organizações de esquerda, ocorrido em janeiro. O encontro do Conselho Nacional de Educação não foi nada mais do que a tentativa de se implantar um sistema de ensino baseado nas teorias do socialismo, que destrói a educação como a conhecemos e impõe uma ideologia absolutamente fora das práticas comuns nas salas de aula.

A chance de se mudar essas aberrações propostas da esquerda radical é no Congresso Nacional, nas Assembleias Legislativas e nas Câmaras Municipais. Dizer não ao absurdo é obrigação dos brasileiros decentes. Em Rondônia, uma audiência pública sobre o assunto ocorrerá na segunda-feira, a partir das 15 horas. É obrigação de quem não concorda com o que querem fazer com nossos filhos e nossas escolas, de participar e vociferar contra.

PACELE CONVIDA PARA REINAUGURAÇÃO DO RENOVADO PLENÁRIO DA CÂMARA DE PORTO VELHO, NESTA SEGUNDA-FEIRA DE MANHÃ

Valeu a pena! Depois de vários meses de uma ampla reforma, os vereadores de Porto Velho voltam, já nesta segunda-feira, à sua casa própria renovada e reformada. O presidente Márcio Pacele está convidando autoridades e comunidade para prestigiar a reabertura dos trabalhos da Câmara no seu prédio, agora com cara nova, depois de muito trabalho e de melhorias acentuadas. Pacele, aliás, tem feito uma gestão muito elogiada na Câmara Municipal da Capital dos rondonienses.

Além de trabalho árduo, comandando um grupo heterogêneo de políticos, ele conseguiu ainda dar mais transparência às ações, gastos e investimentos da Casa e, mais que isso, manteve o parlamento municipal numa posição de respeito perante à coletividade, pelos resultados positivos obtidos. Durante o período em que o prédio da Câmara esteve em obras, as sessões foram realizadas no plenário antigo da Assembleia Legislativa, onde funciona atualmente a Escola do Legislativo, depois de um acordo entre o presidente Pacele e o deputado Marcelo Cruz, presidente do parlamento estadual.

Convite para a reinauguração do agora renovado plenário Boehmundo Alvares Afonso, assinado por Pacele, marca a solenidade para esta segunda-feira, dia 25, a partir das 9h30.

AZUL COMEMORA PESQUISA COM A PARCEIRA ANAC, QUE IGNORA OS PROTESTOS DOS RONDONIENSES CONTRA O QUE ESTÁ ACONTECENDO POR AQUI

Rondônia não existe. Não está no mapa do Brasil. O que os rondonienses dizem e pensam sobre as empresas aéreas, não interessa a elas. A Azul, por exemplo, fez uma pesquisa e, no final, recheou-se de autoelogios, afirmando que, pelo tem “os melhores índices de solução e satisfação do cliente pelo terceiro ano consecutivo”, segundo levantamento feito pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), baseado no número de reclamações registradas na plataforma consumidor.gov.br. Certamente nem um só usuário dos parcos voos registrados por aqui foi ouvido, porque se o fosse, a “pesquisa” que a ANAC, parceira das empresas e que ignora os abusos contra nós, jamais daria resultado positivo.

Os rondonienses continuam indignados. Um deles, que prefere não se identificar, tem várias perguntas a autoridades, reclamando, que até agora nada foi feito para resolver o drama da falta de aviões para Porto Velho e daqui para outros Estados. Entre os questionamentos: “qual o número de processos judiciais contra as companhias aéreas, comparadas com outras regiões do país? Caso haja uma discrepância exagerada, o que parece ser o caso, quais causas específicas as geraram?” Várias outras questões, neste contexto, foram feitas, concluindo que “na medida em que as várias questões forem respondidas corretamente, outras surgirão, que podem nos levar à verdade sobre os reais motivos da redução dos voos e do aumento do valor das passagens, uma situação que vem se arrastando há meses, sem solução à vista”, 

O rondoniense sugeriu inclusive a abertura de uma CPI, urgente, para esclarecer todos os pontos. De uma família tradicional, que está em Rondônia há 70 anos, a fonte comenta: “nunca se viu uma situação absurda como esta!”

CRISPIN ANDA PELO ESTADO OUVINDO AS COMUNIDADES, APOIANDO A AGRICULTURA FAMILIAR E ACOMPANHA INAUGURAÇÃO DE PONTE

Numa extensa agenda no interior, para ouvir a coletividade de diferentes municípios, o deputado estadual Ismael Crispin se dedicou à busca de soluções para problemas e atendimento de reivindicações dos moradores, ainda pediu que o parlamento rondoniense se preocupe com a continuidade do trabalho legislativo, mesmo durante este mês de março, quando todos estão preocupados com o calendário das filiações partidárias. Em Alvorada do Oeste, por exemplo, ele tratou da questão da falta de transporte escolar e elogiou a atuação da Seduc, para resolver o problema.

Destacou, ainda, o fortalecimento da agricultura familiar em São Francisco do Guaporé, entregando com o Governo de Rondônia, através da Emater, mudas de café aos pequenos produtores. “Nós atendemos vários produtores, demonstrando que o governo tem um olhar especial para a agricultura familiar, o maior empregador em nosso estado”, afirmou Crispin.

Em Seringueiras, acompanhado do prefeito do município, Armando Bernardo; do vice Cláudio do Maracujá e dos vereadores Valcicleia Rufino, Mario Cancian e Tuti, além dos moradores da região, Crispin celebrou a entrega da ponte sobre o rio São Miguel na linha 108. “Conseguimos reduzir a distância que os alunos e produtores precisam percorrer. Antes, era uma volta de quase 100 quilômetros. Agora, são apenas 25 quilômetros”, explicou, evidenciando o impacto significativo dessa obra para toda aquela área.

PERGUNTINHA

Você concorda ou discorda com a decisão da Justiça Brasileira de determinar que o jogador Robinho, condenado por estupro em todas as instâncias na Itália, cumpra a pena em penitenciária do Brasil, mesmo que não tenha nenhuma condenação no território nacional?

FONTE/CRÉDITOS: Por Sérgio Pires - ƒ
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!