Seu Portal de Notícias de Rondônia

Sabado, 13 de Abril de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Brasil

Bebê sequestrado em maternidade no Rio tem alta médica; presa vai passar por audiência de custódia

Na madrugada desta sexta, recém-nascido foi levado por Cauane Malaquias da Costa; ele foi encontrado na manhã seguinte, na casa da sequestradora. Mulher vai responder por subtração

ILIDIO LOPES
Por ILIDIO LOPES
Bebê sequestrado em maternidade no Rio tem alta médica; presa vai passar por audiência de custódia
Redação
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Bebê que tinha sido sequestrado de maternidade sai do hospital com família no Rio
Bebê que tinha sido sequestrado de maternidade sai do hospital com família no Rio
 
 
 

O recém-nascido Ravi Cunha, que tinha sido sequestrado da Maternidade Municipal Maria Amélia Buarque de Hollanda nas primeiras horas de vida, teve alta médica na manhã desta quinta-feira (2). Segundo o avô paterno, a saúde do bebê está perfeita.

A mãe do bebê, Nívea Maria, ainda está se recuperando do susto e do parto, mas também tem boas condições de saúde.

A família deixou o hospital pouco depois das 13h. "Foi um milagre o que vocês viram, que todos creiam. A partir de agora é só ficar com meu filho em casa", comemorou o pai.

Publicidade

Leia Também:

O avô paterno tranquilizou sobre a saúde do pequeno e da mãe.

"Foram feitos bastante exames ontem, também monitoraram durante a madrugada. A mãe está em observação e sendo acompanhada por uma equipe de psicólogos para saber como ela vai reagir a isso tudo", explica o avô, Davi Figueira.

"Toda a família aguarda esse momento tão esperado de alívio. Estamos ansiosos, o pesadelo durou pouco tempo", completa ele.

A principal suspeita do sequestro é uma jovem de 19 anos, identificada como Cauane Malaquias da Costa. Ela teria dito a familiares e ao namorado que estava grávida, e o delegado considera que ela premeditou o crime.

A audiência de custódia de Cauane está marcada para às 13h desta quinta-feira (2). Ela foi levada para o presídio feminino de Benfica na tarde desta quarta, após ser presa em flagrante pelo crime de subtração de incapaz com colocação de lar substituto. A pena é de até 6 anos.

Depois do bebê ser devolvido, a família foi transferida para um quarto com reforço na segurança.

 

O sequestro

 

O que se sabe sobre o bebê que foi levado de uma maternidade pública no Rio
 
O que se sabe sobre o bebê que foi levado de uma maternidade pública no Rio
Ravi Cunha — Foto: Arquivo pessoal

Ravi Cunha — Foto: Arquivo pessoal

A investigação da 4ª DP (Praça da República) aponta que Cauane esperou por cerca de 5 horas na unidade de saúde até ter a oportunidade de pegar o bebê.

O delegado Mário Andrade, titular da 4ª DP, fala em “premeditação”. O g1 já tinha mostrado que Cauane dizia estar grávida e afirmou que o recém-nascido era dela até para os PMs que foram prendê-la.

A polícia descobriu que Cauane esteve na maternidade nesta terça-feira (31) para ver uma amiga, Raiane, que tinha dado à luz. Ela chegou entre 10h30 e 11h à unidade. “Ela contou que realmente visitou a colega, mas ficou perambulando pelo corredor do hospital. Por volta das 15h, ela passou pela enfermaria, viu o Ravi [que tinha acabado de nascer] e se interessou por essa criança”, relatou Mário.

FONTE/CRÉDITOS: Por Lucas Madureira, Bom Dia Rio
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!