Seu Portal de Notícias de Rondônia

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Esporte

Cartão azul no futebol, entenda a punição que vai ser testada

A aplicação do cartão azul tem como objetivo suspender temporariamente os jogadores que cometem faltas não tão graves durante as partidas

Helio Carioca
Por Helio Carioca
Cartão azul no futebol, entenda a punição que vai ser testada
Foto: Reprodução
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Cartão azul no futebol, entenda a punição que vai ser testada

Foto: Reprodução

International Football Association Board (Ifab), órgão responsável por regulamentar as regras do futebol, está prestes a anunciar uma novidade: os testes com o cartão azul.

Publicidade

Leia Também:

A medida tem como objetivo aplicar uma suspensão temporária aos jogadores que cometem faltas não tão graves durante as partidas.

A ideia já vinha sendo discutida desde o ano passado e vai começar a ser testada em níveis mais baixos do futebol e no segundo semestre deste ano nas principais divisões.

Em que ocasião será aplicado o cartão azul?

Na prática, quando um jogador receber o cartão azul, ele deverá deixar o campo por um período de 10 minutos. Isso significa que a equipe ficará temporariamente com um jogador a menos, o que pode influenciar diretamente no desempenho do time.

O cartão azul visa punir de forma mais efetiva as faltas menos graves, garantindo a integridade física dos atletas e tornando o jogo mais justo.

Um exemplo claro de situação em que o cartão azul seria aplicado é quando um defensor impede um ataque promissor puxando a camisa do jogador adversário, fazendo-o cair e impedindo-o de alcançar a bola. Nesses casos, anteriormente, era aplicado apenas o cartão amarelo. Com a introdução do cartão azul, a punição será mais rigorosa e terá um impacto direto no decorrer da partida.

 

International Football Association Board (Ifab), órgão responsável por regulamentar as regras do futebol, está prestes a anunciar uma novidade: os testes com o cartão azul.

A medida tem como objetivo aplicar uma suspensão temporária aos jogadores que cometem faltas não tão graves durante as partidas.

A ideia já vinha sendo discutida desde o ano passado e vai começar a ser testada em níveis mais baixos do futebol e no segundo semestre deste ano nas principais divisões.

Em que ocasião será aplicado o cartão azul?

Na prática, quando um jogador receber o cartão azul, ele deverá deixar o campo por um período de 10 minutos. Isso significa que a equipe ficará temporariamente com um jogador a menos, o que pode influenciar diretamente no desempenho do time.

O cartão azul visa punir de forma mais efetiva as faltas menos graves, garantindo a integridade física dos atletas e tornando o jogo mais justo.

Um exemplo claro de situação em que o cartão azul seria aplicado é quando um defensor impede um ataque promissor puxando a camisa do jogador adversário, fazendo-o cair e impedindo-o de alcançar a bola. Nesses casos, anteriormente, era aplicado apenas o cartão amarelo. Com a introdução do cartão azul, a punição será mais rigorosa e terá um impacto direto no decorrer da partida.

Por que o cartão vai ser azul?

A escolha da cor azul para esse novo cartão tem como objetivo evitar qualquer tipo de confusão com os cartões amarelo e vermelho, que já são amplamente utilizados no futebol. Essa é a primeira mudança significativa desde a introdução desses cartões na Copa do Mundo de 1970. O azul foi a cor escolhida para facilitar a identificação pelos árbitros e também pelos jogadores e torcedores

Após o anúncio dessa proposta, a Ifab irá debater a ideia durante a reunião anual da entidade, que está marcada para o dia 2 de março, na Escócia.

Outras medidas que podem ser adotadas no futebol

Além do cartão azul, outras discussões importantes estão previstas, como a possibilidade de suspensão temporária em casos de discussões entre jogadores, punições para goleiros que fazem cera no tiro de meta e até mesmo uma nova regra que permita apenas aos capitães dos times discutirem com os juízes durante as partidas.

A Ifab é composta pelas quatro associações de futebol do Reino Unido, cada uma com direito a um voto, além de outros quatro votos da FIFA. Para que uma medida seja aprovada, é necessário o mínimo de seis votos favoráveis. Portanto, essa proposta do cartão azul ainda precisa passar por esse processo de aprovação antes de ser implementada oficialmente.

 

FONTE/CRÉDITOS: Redação O Antagonista
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!