Seu Portal de Notícias de Rondônia

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Esporte

Criciúma atropela o Vasco em São Januário pelo Campeonato Brasileiro

Dupla Felippe Mateus e Bolasie destroem a defesa cruzmaltina para garantir goleada fora de casa; Meritão ainda deixou o dele: 4 a 0

Anderson Luiz Chaves
Por Anderson Luiz Chaves
Criciúma atropela o Vasco em São Januário pelo Campeonato Brasileiro
Alexandre Durão/Zimel Press/Alexandre Durao
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Partida entre Vasco e Criciuma pelo Campeonato Brasileiro 2024.

O Criciúma atropelou o Vasco em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro

Criciúma não tomou conhecimento do Vasco e goleou com facilidade, em São Januário, na tarde deste sábado (27), pela quarta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, por 4 a 0.

Publicidade

Leia Também:

A partida ficou marcada pela atuação espetacular de Yannick Bolasie, que marcou um lindo gol e ainda participou dos outros, ambos assinalados por Felippe Mateus, outro grande destaque. Higor Meritão ainda completou o massacre.

Com o resultado, o Criciúma chega aos cinco pontos e segue invicto na competição. O time catarinense tem uma partida a menos porque o duelo com o Fortaleza foi adiado.

O Vasco, por sua vez, chega à terceira derrota consecutiva no torneio e estaciona nos três pontos em quatro jogos.

Tarde quente em São Januário

A temperatura no Rio de Janeiro para o duelo estava bem alta. Porém, era só o termômetro que marcava números elevados. Dentro de campo, o que se viu foram duas equipes protagonizando uma partida tecnicamente abaixo do esperado.

Mesmo com Payet, o Vasco não tinha criação e só foi finalizar ao gol, pela primeira vez, com 15 minutos. E as chegadas do Cruzmaltino foram sempre em bola pelo lado. Com bons cruzamentos de Piton e Hugo Moura.

O Criciúma usava sua válvula de escape, o congolês Bolasie. Mesmo veterano e em seu terceiro jogo no Brasil, o atacante esbanjou um ótimo condicionamento físico na primeira metade de jogo.

Vasco tenta, mas Criciúma chega ao gol

Jogando em casa, contra um rival teoricamente mais fraco, o Vasco tentou aumentar a pressão depois da parada técnica. Paulo Henrique até teve chance de marcar, depois de belo passe de Payet.

Mas quem realmente subiu a temperatura foi o Criciúma. Em mais uma escapada de Bolasie, a bola sobrou para Fellipe Mateus matar no peito e acertar um lindo chute, indefensável para Léo Jardim. Tigre na frente em São Januário.

A sorte também não parecia estar ao lado do Vasco. Payet, sozinho e com o goleiro Gustavo caído, finalizou na trave, o que seria o empate cruzmaltino.

Vegetti perde pênalti

Após o gol perdido por Payet, o Vasco ainda seguiu tentando sufocar o Criciúma. Vegetti foi derrubado por Fellipe Mateus na área e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, o próprio Pirata bateu fraco e viu Gustavo defender.

Este foi o primeiro pênalti perdido pelo artilheiro desde que chegou ao Vasco. A situação nos primeiros 45 minutos gerou preocupação na torcida vascaína. A equipe foi sob vaias para o intervalo.

Bolasie e Fellipe Mateus atropelam o Vasco

A dupla que foi responsável pelo primeiro gol do Criciúma em São Januário, precisou de um minuto do segundo tempo para trabalhar e afundar o Vasco. Bolasie cruzou rasteiro, a bola atravessou a área e encontrou Felippe Mateus.

Com categoria, o camisa dominou e fuzilou cruzado para marcar o segundo do Tigre na Colina e seu segundo na partida. O silêncio tomou conta do estádio, que estava animado com o apito inicial para a etapa complementar.

Nem deu tempo de respirar e o Criciúma ampliou. E com ele, Bolasie. Depois de ser decisivo nos gols de Fellipe Mateus, o congolês avançou em velocidade, driblou Hugo Moura e acertou um chutaço: incríveis 3 a 0 para o Tigre.

Achou que tinha acabado?

E ainda teve tempo para o Criciúma chegar ao quarto gol. E com direito a aplausos da torcida do Vasco. Higor Meritão aproveitou sobra em cobrança de escanteio e fez o quarto gol do Tigre.

Revoltada, a torcida do Vasco aplaudiu a comemoração dos jogadores do time catarinense e gritaram ‘olé’ em diversas oportunidades que o Criciúma ficava trocando passes. Vexame histórico na Colina.

Próximos jogos

As duas equipes agora voltam seus focos para a Copa do Brasil. O Vasco joga na quarta-feira (1), às 19h (de Brasília), diante do Fortaleza, na Arena Castelão, pelo primeiro jogo da terceira fase.

O Criciúma joga um dia antes, na terça (30), também no Nordeste, mas em Salvador, diante do Bahia, na Arena Fonte Nova, às 19h (de Brasília).

Vasco 0x4 Criciúma

Vasco

Léo Jardim, Paulo Henrique, Medel (Maicon), Léo, Lucas Piton, Sforza (Adson), Hugo Moura (Matheus Carvalho), Payet (Galdames), Rayan (Clayton), David e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

Criciúma

Gustavo; Claudinho (Candelo), Rodrigo, Wilker Ángel (Wallison Maia) e Marcelo Hermes; Barreto, Higor Meritão (Newton), Fellipe Mateus e Marquinhos Gabriel; Bolasie (Eder) e Arthur Caíke (Felipe Vizeu). Técnico: Cláudio Tencati.

Gols: Fellipe Mateus (Aos 31min do 1ºT e ao 1min do 2ºT), Bolasie (Aos 9min do 2ºT) e Higor Meritão (Aos 23min do 2ºT) para o Criciúma
Cartão amarelo: Lucas Piton (VAS)
Cartão vermelho: Nenhum
Motivo: Jogo da 4ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Local: São Januário, Rio de Janeiro
Data e hora: 27 de abril de 2024, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Caio Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (SP) e Francisco Bezerra Junior (PE)
Arbitro de vídeo: Rodrigo Ferreira do Amaral (SP)

FONTE/CRÉDITOS: Guilherme Abrahão
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!