Seu Portal de Notícias de Rondônia

Quarta-feira, 22 de Maio de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Rondônia

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo

Campus apresenta condições de atraso na sua base estrutural.

Drª Juliana Edilucia Ribeira Vedana
Por Drª Juliana Edilucia Ribeira...
Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo
Redaçao
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

Campus apresenta condições de atraso na sua base estrutural.

 

Publicidade

Leia Também:

Percorrer os corredores do campus da Universidade Federal de Rondônia (UFRO) é ter a impressão de retornar a 36 anos atrás, data de inauguração do prédio na BR-364, em Porto Velho (RO). Obstáculos começam já pelos passeios, com paralelepípedos quebrados e caminhos bloqueados, quando não por entulhos ou veículos de servidores que estacionam bem na entrada.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

Próximo da cantina, o piso, que é a continuação do passeio para quem se desloca da avenida central, vem servindo como estacionamento por algum servidor. Diante disso, os alunos precisam contornar o automóvel caso queiram prosseguir a viagem.

“Bom senso é uma palavra quase inexistente entre alguns funcionários da universidade”, diz uma aluna que preferiu não ser identificada.

A acessibilidade no campus da Unir para deficientes físicos e visuais está aquém do ideal. Está na lei: a acessibilidade é um direito fundamental e deve ser garantida a todos. Neste contexto, abrimos espaço para as justificativas da instituição, inclusive com sugestões para a melhoria. Segundo o governo federal, “a Lei nº 13.146/2015, também conhecida como Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, tem como principal objetivo a promoção da inclusão e plena participação das pessoas com deficiência na sociedade”.

É preocupante a situação em que um cadeirante tem dificuldade em se locomover no campus e arredores da Unir. Essa falta de acessibilidade pode limitar severamente a participação e inclusão de pessoas com deficiência.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

É fundamental que os passeios e calçamentos sejam devidamente mantidos e adequados, garantindo a acessibilidade de todos os usuários, incluindo pessoas com mobilidade reduzida. Calçadas danificadas podem representar sérios obstáculos para cadeirantes e outras pessoas com dificuldades de locomoção.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

As chuvas nesta época do ano apresentam outro obstáculo no campus. No ponto final dos ônibus, o drama dos estudantes ocorre com as poças de lama. Como o local é de chão batido, o peso dos veículos afunda o solo, resultando no aparecimento de buracos. Sem um calçamento adequado, a situação piora.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

O jeito é saltar as poças de lama para poder chegar ao veículo. “Tem motorista que para justamente em frente a uma delas. Não tem condições! Eles são pessoas bacanas, nos ajudam muito, principalmente quando estamos atrasados. Sempre existe um desatento. Fica a observação”, diz uma estudante de geografia que pediu anonimato.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

E falando em melhorias, a Unir precisa trabalhar em conjunto com os acadêmicos. Quem usa a estrutura diariamente pode avaliar a necessidade de isolar as paradas dentro do campus e, se possível, instalar ar-condicionado. As condições climáticas na Amazônia já não dispensam o que antes era considerado supérfluo.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

O isolamento das paradas poderia impedir a exposição dos alunos às carapanãs que infestam o ambiente do campus da Universidade Federal de Rondônia. O risco de ser contaminado por malária e/ou dengue não é descartado. “Trago repelente. Não tem condições. Você está sentado e de repente elas estão te picando. Ir ao banheiro é constrangedor, tendo que ficar se abanando para afastar os insetos”, explica.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

Para todos os lados que se olhe, a estrutura predial do campus da Unir em Porto Velho pede socorro. Para alguns alunos, os cursos poderiam se destacar por conta de sua metodologia, mas a impressão é que seguem caminhos opostos. A urbanização é inexistente. Não há jardins, praças, nem sequer bancos para que os alunos contemplem o belo bosque que rodeia o campus. A manutenção da grama parece ser a única forma de embelezamento do ambiente.

Fala entre os estudantes da UNIR revela desânimo; instituição parou no tempo - News Rondônia

As falhas identificadas são fatores que merecem a máxima atenção do reitor (a). Apenas desta maneira é que a instituição poderá figurar um dia entre as melhores universidades da Região Norte, infelizmente não é uma realidade no momento. Diante de tudo isso fica a pergunta. O que fizeram com essa instituição de suma importância para este estado?

 

FONTE/CRÉDITOS: Por News Rondônia - ƒ
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!