Seu Portal de Notícias de Rondônia

Sabado, 13 de Abril de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Mundo

Filha de brasileira, babá de 18 anos é uma das 155 reféns do Hamas, diz família

Celeste Fishbein estava em um kibutz quando desapareceu

Anderson Luiz Chaves
Por Anderson Luiz Chaves
Filha de brasileira, babá de 18 anos é uma das 155 reféns do Hamas, diz família
Foto: Instagram/Reprodução
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Celeste Fishbein, refém do Hamas - Foto: Instagram/Reprodução
Celeste Fishbein, refém do Hamas — Foto: Instagram/Reprodução
 
A filha de uma brasileira está entre os 155 israelenses feitos reféns pelo Hamas em Gaza. A família diz ter recebido a informação do próprio governo de Israel após uma mostra de DNA não identificá-la entre os mais de 1.300 mortos pelo ataque do grupo extremista ocorrido há uma semana.
 

A babá Celeste Fishbein, de 18 anos, estava em um kibutz, um tipo de comunidade rural em Israel, quando desapareceu após a invasão do Hamas. A principal hipótese é de que ela tenha sido sequestrada por membros do grupo extremista.

Nos últimos dias, a família tem buscado por informações sobre o paradeiro de Celeste em hospitais e em centros de informação de Israel.

Mas a coleta de uma amostra de DNA da mãe dela comparada com os corpos dos mortos no ataque indicam que ela está entre os reféns do Hamas, segundo informou o governo israelense aos parentes de Celeste.

Publicidade

Leia Também:

"A Celeste trabalhava como babá ao lado da Faixa de Gaza. [O governo de Israel também confirmou que] o telefone dela está em Gaza. Então, a dedução é de que ela está entre as pessoas feitas reféns pelo Hamas. Aparentemente, ela foi levada junto com o namorado. Esperamos que ele esteja viva.

Temos muita esperança que tudo termine bem, apesar de ela estar nas mãos desses assassinos do Hamas. Infelizmente, muitas pessoas foram assassinadas", afirma Mario Ricardo Fishbein, tio de Celeste.

O tio de Celeste disse ainda que outros membros da família só escaparam do ataque porque se esconderam em um bunker. "A minha mãe de 94 anos, a cuidadora dela, a minha irmã e o meu sobrinho estavam em casa quando.

Eles ficaram por 20 horas trancados ali para escapar do ataque, enquanto terroristas faziam de tudo para exterminá-los", relatou Fishbein em entrevista à reportagem. 

Ele disse ainda que a família chegou a manter contato com Celeste pelo WhatsApp. "Mas, depois, perdemos contato com ela e a minha família foi resgatada", relatou.

Pelo menos 3.600 mortos entre Israel e Hamas

O conflito entre Israel e Hamas já deixou pelo menos 3.600 mortos, segundo as informações oficiais divulgadas por autoridades dos dois lados.
O número de mortos em Gaza não para de subir com os bombardeios israelenses. O Ministério da Saúde da Palestina fala em 2.329 mortos até a manhã deste domingo.

srael contabiliza 1.300 mortos nos ataques do Hamas da semana passada. Pelo menos 126 pessoas foram feitas reféns pelo Hamas, mas este número pode ser maior. Além desses mortos, Israel afirmou ter encontrado 1.500 corpos de membros do Hamas em seu território na última terça-feira (10/10).

Esta matéria foi atualizada com o levantamento mais recente do número de reféns.

 

FONTE/CRÉDITOS: Por Agências Publicado
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!