Seu Portal de Notícias de Rondônia

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Esporte

Joia decide no último lance, e Palmeiras bate Botafogo-SP na Copa do Brasil

Alviverde busca ataque durante quase todo jogo e leva susto com empate no fim, mas Estêvão garante 2 a 1 aos 52 minutos do segundo tempo

Helio Carioca
Por Helio Carioca
Joia decide no último lance, e Palmeiras bate Botafogo-SP na Copa do Brasil
Vinicius Nunes/Agência F8/Gazeta Press
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

SAO PAULO, SP, 02.05.2024-PALMEIRAS (SP) X BOTAFOGO (SP)

Rony e Estêvão comemoram gol do Palmeiras

Palmeiras tomou um grande susto na noite desta quinta-feira (2), ao sofrer um gol de empate no apagar das luzes. Mas, esse time de Abel Ferreira tem um pacto. Ele não desiste e vai até o fim. Sempre. E com esse ato insistente de não desistir, a equipe venceu o Botafogo-SP com um gol da joia Estêvão, aos 52 minutos do segundo tempo, cravando um placar de 2 a 1 para o delírio da torcida em uma noite de sufoco na terceira fase da Copa do Brasil.

Publicidade

Leia Também:

Foi um confronto onde quase tudo aconteceu no segundo tempo. Além do gol de Estêvão, Rony balançou as redes para o alviverde, aos 11 minutos. Do lado da Pantera, o gol que quase definiu a partida foi de Patrick Brey, aos 44.

Com o resultado, o Alviverde chega no duelo do próximo dia 23, às 19h (de Brasília), no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, precisando de um empate para avançar de fase.

Próximos jogos

Palmeiras já volta a campo neste domingo (5), às 18h30 (de Brasília), para enfrentar o Cuiabá, na Arena Pantanal, pela quinta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Já o Botafogo-SP faz outro duelo entre times paulistas. Dessa vez, a equipe recebe o Mirassol, no estádio Santa Cruz, às 21h (de Brasília), na próxima terça-feira (7), pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O jogo

 

Palmeiras com novidades

O técnico Abel Ferreira montou uma equipe modificada para a partida, decidindo poupar alguns titulares. As principais novidades foram as presenças do goleiro Marcelo Lomba, o volante Gabriel Menino e Caio Paulista, que foi escolhido para ocupar a lateral esquerda e voltou a disputar um jogo após um mês.

Botafogo-SP pronto para o contra-ataque

O Palmeiras começou o confronto muito em cima do rival, tendo quase que total o controle da posse de bola. O Alviverde também arriscou bons chutes com Lázaro e Aníbal Moreno. Mas, ao se lançar demais no campo ofensivo, dava o que o Botafogo queria: o contra-ataque.

Foi assim que a Pantera quase abriu o placar, aos nove minutos. Wallison ficou cara a cara com Marcelo Lomba e tentou uma cavadinha, mas a bola foi para fora. Em uma jogada de bola parada, o time de Ribeirão Preto ainda assustou com uma finalização de Matheus Barbosa defendida pelo goleiro alviverde.

Jogo com a mesma cara

O primeiro tempo transcorreu igual do começo ao fim. Depois de dar os primeiros sustos, o Botafogo praticamente só fez se defender. A equipe montou um paredão no 5-4-1 e manteve uma disciplina tática louvável.

Assim, o Palmeiras continuou a rodar a bola de um lado para o outro. Porém, faltava a conclusão. Chutar de longe continuou a ser a principal saída, mas com baixa efetividade.

Foi só aos 43 minutos que a equipe teve mais uma chance clara trabalhando uma jogada. Nela, Estêvão, quem mais tentou usar dos atributos individuais, tabelou com Endrick, mas parou na defesa de Michael.

Gol na volta do intervalo

No segundo tempo, Abel Ferreira abdicou da presença de Raphael Veiga e colocou mais um atacante em campo com a entrada de Rony. Com uma linha de quatro homens na frente, o Palmeiras continuou com a posse de bola. Mas também continuou a rodar o jogo sem muita efetividade.

Até que, aos dez minutos, Endrick decidiu romper a defesa do rival, fintou dois defensores e chutou. A bola, caprichosamente, bateu na trave. Logo no minuto seguinte, a substituição do treinador alviverde surte efeito.

Mayke fez boa assistência, e Rony, que havia entrado justamente para povoar mais a área, completou para o gol e para derrubar a muralha tricolor. Um a zero.

Jogo fica aberto

Atrás no placar, o Botafogo começou a sair mais para o ataque e deixou o jogo mais aberto. De cara, o time tricolor criou mais duas boas chances seguidas, com Matheus Barbosa e Emerson Negueba.

Em seguida, o Palmeiras retrucou com um gol incrível perdido. Com a meta livre e um defensor no chão, Rony tentou colocar o chute, mas a bola acertou o pé de Estêvão.

VAR polêmico

Aos 31 minutos, Rony partiu para a comemoração mais uma vez. Depois de uma nova assistência de Mayke, o atacante cabeceu para o gol, mas o VAR anulou o lance e causou polêmica.

O técnico Abel Ferreira ficou revoltado em campo. Ele alegou que a linha foi traçada errada.

Muita emoção no fim

Em clima de insatisfação, o Palmeiras se encaminhou para o fim do jogo e tomou um grande susto. O Botafogo-SP conseguiu empatar o jogo com um chute de Patrick Brey, aos 44 minutos.

O clima era pesado no Allianz Parque até que o Alviverde mostrou, mais uma vez, que não desiste. Aos 52, Rômulo colocou a bola na área para a joia Estêvão dominar e mandar para o fundo das redes. Uma vitória na raça.

Palmeiras 2 x 1 Botafogo-SP

Palmeiras

Marcelo Lomba; Mayke, Luan, Murilo e Caio Paulista (Piquerez); Aníbal Moreno (Richard Ríos), Gabriel Menino (Fabinho), Estêvão, Raphael Veiga (Rony) e Lázaro (Rômulo); Endrick. Técnico: Abel Ferreira

Botafogo-SP

Michael; Lucas Dias, Matheus Costa e Bernardo Schappo; Wallison, Matheus Barbosa (Douglas Baggio), Gustavo Bochecha (Fillipe Souto) e Patrick Brey; Emerson Negueba (Robinho), Alex Sandro (João Costa) e Toró (Leandro Pereira). Técnico: Paulo Gomes

Gols
Rony (11min2ºT) e Estêvão (52min2ºT), do Palmeiras
Patrick Brey (44min2ºT), do Botafogo-SP

Cartões amarelos
Mayke, Estêvão (Palmeiras); Paulo Gomes, Gustavo Bochecha, Lucas Dias, Alex Sandro, Douglas Baggio (Botafogo-SP)

Público: 33.010 torcedores
Renda: R$ 1.958.227,64

Motivo: terceira fase da Copa Brasil (jogo de ida)
Data e horário: 2 de maio de 2024, às 21h30 (de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP

Árbitro: Bruno Pereira Vasconcelos (BA)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa-FIFA (RJ) e Fernanda Kruger-FIFA (MT)
Árbitro de vídeo: Igor Junio Benevenuto de Oliveira-FIFA (MG)

 

FONTE/CRÉDITOS: Brenno Costa
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!