Seu Portal de Notícias de Rondônia

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Rondônia

Paralisação do Porto Cai N'Água há um Ano e oito meses preocupa associações, que exigem soluções urgentes

ASFEMM e Associação de Varejistas destacam prejuízos e riscos decorrentes da paralisação do porto há quase dois anos

ILIDIO LOPES
Por ILIDIO LOPES
Paralisação do Porto Cai N'Água há um Ano e oito meses preocupa associações, que exigem soluções urgentes
Foto: Reprodução
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagem de Capa

Foto: Reprodução

 

Em uma iniciativa conjunta, a Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (ASFEMM) e representantes da Associação de Varejistas do Cai N'Água levaram suas preocupações ao Ministério Público Federal (MPF), exigindo medidas imediatas para resolver a situação crítica do Porto do Cai N'Água, em Porto Velho. O porto está paralisado há um ano e oito meses, gerando enormes prejuízos econômicos e representando riscos à segurança dos trabalhadores.

Publicidade

Leia Também:

O presidente da Associação de Varejistas do Cai N'Água, Sérgio, e o presidente da ASFEMM, George Telles, entregaram documentos em Brasília, solicitando celeridade na resolução do impasse, especialmente quanto à reforma da chapa externa do porto, atualmente submersa no rio Madeira. A situação compromete não apenas o acesso às embarcações, mas também a segurança dos trabalhadores, que enfrentam riscos ao se equilibrarem em barrancos instáveis.

Após o encontro no MPF, ficou acordado que uma reunião será agendada com o procurador da república, Gabriel, para discutir medidas que possam acelerar a resolução do problema, incluindo questões ambientais. Além disso, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) será acionado em busca de apoio para acelerar a reforma do Porto do Cai N'Água.

A paralisação do Porto do Cai N'Água não apenas gera prejuízos econômicos locais, mas também afeta o funcionamento logístico da região, com impactos diretos nos passageiros das embarcações, vindos de diversas localidades como o Amazonas e Humaitá. A falta de estruturas seguras de acesso coloca em risco suas vidas, evidenciando a urgência da intervenção governamental.

Turismo

O Porto do Cai N'Água, também é um dos pontos turísticos mais emblemáticos da cidade. A falta de infraestrutura adequada impacta tanto os turistas que visitavam o estado quanto a população local que, ao longo dos anos, incorporou os passeios de barco no Cai N'Água como parte de sua agenda cultural.

FONTE/CRÉDITOS: GEORGE TELLES
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!