Seu Portal de Notícias de Rondônia

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Política

Quem é Mário Sarrubbo, escolhido por Lewandowski para comandar a Secretaria de Segurança.

Considerado ‘linha-dura’ na área, Sarrubbo tem 34 anos de experiência no Ministério Público

Chicâo Pvh Francisco Murcia
Por Chicâo Pvh Francisco Murcia
Quem é Mário Sarrubbo, escolhido por Lewandowski para comandar a Secretaria de Segurança.
Redação
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

 

O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mario Sarrubo - Centro de Comunicação Social/MP-SP

Publicidade

Leia Também:

O futuro ministro da Justiça Ricardo Lewandowski escolheu o procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mario Luiz Sarrubbo, para comandar a Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Atualmente, o posto é ocupado pelo ex-deputado Tadeu Alencar, indica elo PSB. A Senasp tem entre suas atribuições assessorar o ministro em definição, implementação e acompanhamento da Política Nacional de Segurança Pública e coordenar as atividades da Força Nacional de Segurança Pública.

Considerado “linha-dura” na segurança, Sarrubbo tem 34 anos de experiência no Ministério Público, onde também foi subprocurador-geral de Justiça de Políticas Criminais e Institucionais. Seu mandato à frente da instituição. terminaria em abril deste ano. Ele também é próximo ao ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. 

Formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, o procurador tem 60 anos, possui mestrado em Direito pela PUC-SP e chegou a ser diretor da Associação Paulista do Ministério Público do estado.

Em dezembro de 2022, o Colégio de Procuradores de Justiça, presidido por Sarrubo, manifestou preocupação com a intenção de Guilherme Derrite, então indicado para assumir a secretaria de Segurança Pública na gestão Tarcísio de Freitas (Republicanos), de interromper o uso de câmeras corporais pela Polícia Militar.

A escolha dialoga com uma das prioridades elencadas por Lewandowski: o combate à criminalidade.

“A segurança pública merecerá especial atenção do Ministério da Justiça sob minha gestão, que deverá expandir as atividades de inteligência e a coordenação entre as distintas autoridades policiais da União, estados e municípios para um combate mais eficaz, mais eficiente, à criminalidade organizada”, projetou o futuro ministro.

Aos poucos, Ricardo Lewandowski desenha o seu ministério. Ele já escolheu o jurista Manoel Carlos de Almeida Neto para a secretaria-executiva da pasta, cargo atualmente ocupado por Ricardo Cappelli.

Almeida Neto tem 44 anos, é pós-doutor em Direito Constitucional pela USP e foi assessor de gabinete de Lewandowski no Supremo Tribunal Federal.

Ele também trabalhou como secretário-geral da presidência no STF e no Tribunal Superior Eleitoral. Desde 2016, é diretor-jurídico da Companhia Siderúrgica Nacional, que já foi informada sobre o convite ao jurista.

A posse de Lewandowski ocorrerá em 1º de fevereiro.

FONTE/CRÉDITOS: POR WENDAL CARMO
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!