Seu Portal de Notícias de Rondônia

Sabado, 13 de Abril de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Mundo

TEMPESTADES AVANÇARÃO DA ARGENTINA E URUGUAI COM RISCO DE VENDAVAIS

Linha de instabilidade com fortes tempestades avança para o Rio Grande do Sul com alto risco de temporais com vendavais

Alice da silva
Por Alice da silva
TEMPESTADES AVANÇARÃO DA ARGENTINA E URUGUAI COM RISCO DE VENDAVAIS
METSUL METEOROLOGIA
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A MetSul Meteorologia alerta para o alto risco de temporais no Rio Grande do Sul neste sábado por conta do avanço de uma linha de instabilidade com nuvens de tempestades a partir do Uruguai e da Argentina. Será o segundo dia seguido com forte instabilidade na maioria das regiões gaúchas. Hoje, o efeito maior foi chuva volumosa. Neste sábado, o risco maior é vento.

A instabilidade, que teve início na tarde de quinta-feira de forma isolada com chuva forte localizada no Noroeste do Rio Grande do Sul, nesta sexta-feira se tornou generalizada com chuva na maior parte do estado que veio com volumes altos em muitas cidades. Os acumulados em vários pontos ficaram entre 50 mm e 100 mm.

Os volumes até o fim da tarde desta sexta na rede do Instituto Nacional de Meteorologia somavam 119 mm em Ibirubá, 96 mm em Santo Augusto, 72 mm em Caçapava do Sul, 61 mm em Erechim, 59 mm em Passo Fundo, 57 mm em Soledade, 56 mm em Tupanciretã e 53 mm em Palmeira das Missões.

Publicidade

Leia Também:

Porto Alegre, po exemplo, teve metade da média histórica de chuva do mês inteiro de 103,3 mm em pouco mais de seis horas. O volume até o fim da tarde desta sexta na estação de referência climatológica do Jardim Botânico era de 53,2 mm.

.Em outros bairros choveu 62 mm no Cristal, 59 mm no Higienópolis, 57 mm no São João, 53 mm na Agronomia, 51 mm na Serraria e Partenon, 52 mm em Belém Novo e 50 mm no Navegantes. Na área mais central da cidade, os acumulados ficaram abaixo dos 50 mm.

Em razão da chuva intensa, a prefeitura registrou ocorrências de quedas de árvores. Uma árvore de enorme porte caiu sobre a calçada de prédios comerciais na Rua Luciana de Abreu, no bairro Moinhos de Vento. Diferentes pontos apresentaram alagamentos ou acúmulo de águas nas vias. O DMAE informou falta de energia em algumas das suas instalações.

Enorme árvore caiu nesta sexta com a chuva forte no bairro Moinhos de Vento | METSUL METEOROLOGIA

Queda da árvore na Rua Luciana de Abreu não deixou danos ou vítimas | METSUL

Ocorrência na Rua Luciana de Abreu foi acompanhada por outra queda de árvore na Rua Padre Chagas no final da manhã | METSUL


Se hoje foi o dia da chuva volumosa, a preocupação maior agora é com tempestades e vento, embora possa chover forte em diferentes cidades neste sábado. Uma potente linha de instabilidade, sistema convectivo quase-linear, se forma no começo deste sábado no Centro da Argentina e no Uruguai com tempestades fortes a muito severas. Fortes áreas de instabilidade já podiam ser vistas nas imagens de satélite se formando no Centro da Argentina no começo da noite desta sexta.

Imagem de satélite desta sexta-feira mostrava fortes áreas de instabilidade se formando no Norte da província de Buenos Aires. Instabilidade vai aumentar muito no Centro da Argentina e no Uruguai no decorrer da noite e madrugada com tempestades. | METSUL

A linha vai avançar pelo Rio Grande do Sul ao longo do sábado. Já deve atingir áreas da fronteira com o Uruguai de manhã e vai se deslocar na sequência pelo território gaúcho. A instabilidade, ao avançar pelo estado, trará alto risco de temporais com chuva forte de curta duração e vendavais.

O sistema deve afetar diversas regiões gaúchas com risco de tempestades. Podem ocorrer rajadas de vento de 60 km/h a 80 km/h em diversas cidades, mas alguns pontos podem ter vento de 80 km/h a 100 km/h. Isoladamente, podem se dar fenômenos severos de vento com rajadas superiores a 100 km/h.

Os modelos numéricos analisados por nossa equipe divergem sobre o comportamento desta linha de instabilidade. Modelos europeus como o ECMWF e o Icon indicam a instabilidade mais forte afetando o Oeste do estado enquanto o nosso modelo de alta resolução WRF indica a linha atingindo forte também pontos mais a Leste do estado.

Projeção de refletividade do modelo WRF para 16h do sábado | METSUL


Assim, o Rio Grande do Sul tem risco de temporais com vendavais neste sábado e que em alguns pontos podem ser fortes com possibilidade de destelhamentos, quedas de árvores e postes, e ainda cortes de energia elétrica. A instabilidade pode afetar as áreas das duas maiores concessionárias de energia do estado, a RGE e a CEEE.

No domingo, não há previsão de tempo severo no Rio Grande do Sul. O sol predominará no estado e, com a presença do ar quente, a tarde será de calor. Será o começo de uma de uma sequência de dias de sol com perspectiva de muito acentuada elevação da temperatura.

FONTE/CRÉDITOS: Autor: METSUL.COM
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!